Estudo de Caso – rede Linux, Editora Manifesto

Nesta semana, tivemos a satisfação de entregar uma rede 100% Linux na Editora Manifesto, que publica a revista Retrato do Brasil.

A Editora utilizava uma rede LTSP adquirida da empresa Samurai em 2001. A tecnologia e a rede eram muito estáveis, mas a plataforma de HW e SW estava defasada, tanto em velocidade de processamento quanto em novas tecnologias Internet (streaming, flash, HTML5, etc.), além de crescente dificuldade de manutenção.

O projeto do upgrade tecnológico teve os seguintes pontos de partida: baixo custo, estabilidade e gerenciamento centralizado.

A Editora adquiriu um lote minibooks Intel ATOM dual-core como desktops, com 2GB de RAM e 320GB de HD Sata2, que forneceria um desempenho compatível com as necessidades dos usuários. O servidor escolhido foi HP ML-110G7. Todos os equipamentos foram fornecidos pela Bluetech.

Os desktops foram instalados com Ubuntu Desktop 11.04 LTS, o qual oferece uma alternativa robusta, moderna e atraente ao Microsoft Windows, além do conjunto de softwares de produtividade (browser, email, editor de texto, planilha eletrônica) competitivo e gratuito.

O servidor é um capítulo à parte. Pela premissa de gerenciamento centralizado, decidiu-se implementar diretório OpenLDAP 2.4 como backend de autenticação de todos os desktops, com transporte seguro via TLS. O gerenciamento de contas de usuários ficou a cargo do LDAP Account Manager (LAM), um aplicativo PHP. Finalmente, o serviço NFSv4 fornece o mapeamento transparente das pastas de trabalho locais aos desktops Ubuntu a um compartilhamento centralizado no servidor, facilitando os procedimentos de backup.

Este projeto foi concebido, definido, implementado e implantando em um mês, e demonstra a convergência entre tecnologia de ponta, custo contido e facilidade de gerenciamento de operação num ambiente Linux.