Alguns pensamentos sobre backup

Há tempos eu li, num post no forum de suporte Gentoo, uma assinatura muito inspiradora, que transcrevo abaixo:

“Existem dois tipos de usuários, aqueles que fazem backups e aqueles que nunca tiveram problemas com HD”

Hoje em dia, em muitas empresas apenas fazer backups não é suficiente: há a necessidade de arquivamento de dados por longos períodos de tempo, para fins de “compliance” e auditoria.

Mídias magnéticas, mesmo as com tecnologias novas como LTO, têm vida útil limitada, e esta limitação é muito influenciada também pelas condições de manuseio e armazenagem (temperatura, umidade). Assim, para ter segurança no processo de backup e arquivamento, sempre é importante ter mais que uma cópia dos dados (por exemplo, ter múltiplas fitas ou ter uma fita e o mesmo dado guardado em discos NLS – “Near Line Storage”) e realizar testes regulares de restore.